16.10.2019

A líder de uma fábrica de cimento

Objetividade e foco. Atributos que Adriana Celestino de Souza Camargo mantém desde os tempos universitários. Formada em Química na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e pós-graduada em Qualidade Industrial pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet-MG), Adriana ingressou no mercado de trabalho como analista de Laboratório em uma indústria, mas desde os primeiros dias de experiência estava determinada a alcançar um posto de liderança.

Em janeiro de 2019, Adriana Celestino, de 45 anos, se tornou a primeira empregada a assumir a liderança de uma das nossas fábricas. Ela é a nossa nova gerente da unidade de Corumbá (MS), uma das mais tradicionais da empresa no Centro-Oeste, que opera desde a década de 1950 e emprega 230 empregados diretos e indiretos.

Para chegar ao mais alto cargo na fábrica, Adriana Celestino percorreu um longo caminho. E no setor industrial, ainda dominado pelo sexo masculino, conseguir uma promoção exigiu de Adriana não só objetividade e foco, como também dedicação e coragem para mudar de ares e arriscar-se em novas empreitadas para atingir sua meta.

Adriana começou a trabalhar com a gente como coordenadora de Produção, cargo que exerceu até 2012, em São Paulo (SP). Depois, mudou-se para o Distrito Federal, onde trabalhou na unidade de Sobradinho (DF) como coordenadora de Produção de Argamassas e Cimentos e coordenadora nas áreas de Produção e Meio Ambiente. Em seguida, assumiu a operação, no município de Cajamar (SP), como gerente de fábrica de argamassas e, por último, a posição de gerente do Complexo Metropolitano, que agrupa, além da unidade de Cajamar, a unidade de Barueri (SP). No final de 2018, foi convidada para ocupar a vaga de gerente da fábrica de cimentos em Corumbá (MS).

Iniciativa para aumentar o número de mulheres na operação

O Programa de Estágio Técnico para Mulheres, com o mote “Técnicas na operação, talentos do futuro”, tem o objetivo de ampliar a presença das mulheres atuando nas operações das nossas fábricas. Este programa vai selecionar estudantes com formação em cursos técnicos prevista para o final de 2020 para atuação nas áreas de Manutenção, Produção, Mineração, Qualidade ou Processos. Ao todo, foram oferecidas 15 vagas divididas em 13 fábricas.
A duração do programa é de um ano. As participantes passarão por um ciclo de desenvolvimento apoiado pela Escola Técnica da Votorantim Cimentos, com o desafio de entregar projetos na área de atuação. As estagiárias serão acompanhadas por líderes da empresa, garantindo que seu desenvolvimento seja ainda mais assertivo.

Últimas Notícias

22.11.2019
Para nós, da Votorantim Cimentos, é o cuidado genuíno com as pessoas. Isso inclui ter uma liderança presente, capacitação, reconhecimento, comunicação transparente, ambiente seguro e......
14.11.2019
Obtivemos o lucro líquido global de R$ 285 milhões no terceiro trimestre de 2019, um crescimento de 8% em relação ao mesmo período do ano......
23.10.2019
O Conselho Empresarial Mundial para o Desenvolvimento Sustentável (WBSCD, na sigla em inglês) divulgou a lista dos melhores relatórios anuais e de sustentabilidade em todo......