Substituição de material reduz CO₂ em 50%

Somos os pioneiros no Brasil na produção de pozolana artificial, uma tecnologia inovadora que reduz as emissões de CO₂, um dos principais gases causadores do efeito estufa.​

A pozolona foi resultado de esforços contínuos de nosso time, que buscava um material para substituir o clínquer, principal componente de todos os tipos de cimento, mas também um grande emissor de CO₂. Com alta resistência e durabilidade, a pozolona apresenta o diferencial de ter características sustentáveis, o que nos permitiu reduzir em 35% o uso de clínquer em nossos processos. ​

Além de emitir 50% menos CO₂ em sua produção, a pozolona exige 25% menos energia, 40% menos água, gera 10% menos resíduos e reduz os custos de produção em 6% em comparação ao processo tradicional.

Duas unidades já contam com fornos de pozolona desde 2009: Porto Velho (RO) e Nobres (MT). A primeira tem atendido a cerca de 200 clientes por mês com este cimento, com um volume total comercializado de aproximadamente 560 mil toneladas por mês.

A experiência em Porto Velho foi reconhecida pela Finep – Inovação e Pesquisa – como um dos melhores exemplos de desenvolvimento sustentável corporativo no Brasil.

 

 

Principais Metas: Desenvolver um substituto para o clínquer, principal componente de todos os tipos de cimento, mas também um grande gerador de emissões de CO₂.

Benefícios gerados: Menos emissão de CO₂ e geração de resíduos, além de economia de energia, água e menores custos.

Unidade VCimentos Porto Velho

Últimas Notícias

22.06.2021 Tunísia
Unidades de Recuperação de Calor Residual (Waste Heat Recovery, WHR) geram energia dentro das fábricas de cimento, por meio da recuperação e captura de parte......
13.05.2021 Brasil
Sabe quando encontramos uma solução que todos ganham, com impactos sociais, econômicos e ambientais? É isso que temos no projeto Fortalecimento da Cadeia Produtiva do......
13.05.2021 Canadá
Você já deve ter ouvido falar sobre o dióxido de carbono ou CO². Embora seja essencial para a vida na terra, o excesso de concentração deste......